Para que serve o óleo de CBD? 7 benefícios que você não sabia 

O óleo de CBD, também comummente chamado de óleo de canabidiol, é produzido através de extrações de cânhamo, que são depois misturadas com óleos de origem vegetal. Este produto, que pode ser consumido por via oral ou aplicado diretamente na pele, oferece vários benefícios a quem o utiliza. Aqui explicamos 7 benefícios que poderá não conhecer! 

7 benefícios do óleo de CBD que você deveria conhecer  

Há várias décadas que existe um interesse internacional sobre os potenciais benefícios do óleo de CBD, tendo sido publicados inúmeros estudos científicos sobre os efeitos deste composto na saúde humana e animal. Abaixo vamos fazer uma introdução a sete benefícios do óleo de CBD em Portugal e explicar o que foi descoberto até hoje. 

1. Inflamação  

Apesar de ainda serem necessárias mais investigações acerca dos potenciais efeitos do CBD no corpo humano, a verdade é que foram já publicados alguns estudos que analisaram de que forma a interação entre o canabidiol e o sistema endocanabinoide pode diminuir a inflamação. 

Em 2009, foi publicado um estudo que analisou o potencial dos canabinoides, como é o caso do CBD, enquanto agentes anti-inflamatórios. De acordo com a publicação, foi demonstrado o potencial anti-inflamatório de vários componentes do cânhamo.  

Mais recentemente, um estudo de 2019 concluiu igualmente que a utilização de CBD permite reduzir a inflamação. Tal como mencionado no estudo anterior, isto acontece devido à interação entre o canabidiol e o sistema endocanabinoide, que é responsável por manter o corpo em equilíbrio.  

2. Stresse pós-traumático 

Existem já vários estudos pré-clínicos que demonstram que o canabidiol tem um grande potencial para ajudar na diminuição de sintomas relacionados com problemas da saúde mental, como é o caso do stress pós-traumático. 

Um estudo publicado em 2019 analisou os efeitos do canabidiol em onze indivíduos que sofrem de stress pós-traumático, tendo os resultados demonstrado que a grande maioria dos intervenientes sentiu melhorias nos sintomas após oito semanas de utilização de canabidiol. 

Ainda assim, existe ainda uma grande necessidade de desenvolver estudos em humanos que sigam modelos mais harmonizados e controlados, para ser possível compreender quais os reais benefícios deste composto na saúde mental. 

3. Parkinson 

Os estudos sobre o impacto do óleo de CBD na doença de Parkinson apenas começaram a ser publicados há alguns anos, pelo que é ainda necessária mais investigação acerca dos benefícios que este composto pode oferecer. 

Apesar de os estudos existentes serem insuficientes e limitados, as perspetivas que oferecem são bastante positivas. Em particular, alguns estudos sugerem que o óleo de CBD poderá ajudar a diminuir alguns dos sintomas associados à doença, nomeadamente inflamação, tremores, e problemas do foro mental. 

Adicionalmente, um estudo em particular indica que existe potencial na utilização do canabidiol para aumentar a qualidade de vida de pessoas que sofrem de Parkinson. 

4. Epilepsia  

O óleo de CBD pode ajudar a prevenir alguns tipos de crise epilética em humanos, bem como em animais. Estudos clínicos demonstraram que a utilização do canabidiol reduz de forma significativa as crises epiléticas causadas pelas síndromes de Lennox-Gastaut e Dravet. 

Apesar destas síndromes serem o alvo principal dos estudos desenvolvidos até hoje, foram já tomados alguns passos na investigação dos efeitos do óleo de CBD em ataques epiléticos com outras causas. 

No entanto, é importante mencionar que o canabidiol interage com várias medicações comummente receitadas para epilepsia, pelo que deverá sempre consultar o seu médico antes de utilizar óleo de CBD.  

5. Alzheimer 

Existem alguns estudos de pequena dimensão que sugerem que o óleo de CBD poderá ajudar a diminuir alguns dos sintomas da demência, nomeadamente os que estão relacionados com o comportamento e a saúde mental dos pacientes. 

Uma revisão destes estudos, publicada em 2019, sugere que a utilização de óleo de CBD que contém THC (um outro componente do cânhamo) poderá ser útil no tratamento e prevenção de sintomas desta doença. 

Ainda assim, devido ao pequeno número de estudos e à forma como foram conduzidos, nomeadamente à pequena quantidade de pacientes envolvidos nos mesmos, ainda não é possível perceber qual o impacto real deste produto. 

6. Insónia 

A insónia é um distúrbio do sono que causa dificuldade em adormecer ou em dormir durante períodos de tempo prolongados. Em 2017 foi publicada uma revisão de literatura que indica que o canabidiol, bem como outros canabinoides presentes no cânhamo, poderão ser bastante benéficos no tratamento de problemas de sono. 

Adicionalmente, alguns canabinoides sintéticos poderão ainda ajudar pacientes que sofrem de apneia do sono. No que diz respeito ao óleo de CBD em particular, e apesar de a investigação estar ainda na sua infância, é possível que este composto seja benéfico para a regulação do sono REM (Rapid Eyes Movement sleep). 

7. Sono  

Existem vários problemas de sono, e nem todos são considerados insónias. O sistema endocanabinoide tem como objetivo manter o corpo em equilíbrio, e isso passa também por garantir que os ciclos de sono estão regulados. 

Apesar de existirem já bastantes estudos que analisam o impacto do óleo de CBD em problemas de sono, na grande maioria dos casos os distúrbios de sono são um sintoma de outros problemas de saúde.  

No entanto, e tal como mencionado no ponto acima, existe uma forte possibilidade de o CBD regular os ciclos de sono, principalmente o sono REM, que é essencial para o processamento de memórias. 

_oleo-cbd-para-que-serve (1)

Como é que o óleo de CBD funciona no organismo? 

Os seres humanos têm um sistema endocanabinoide que regula vários aspetos do corpo, nomeadamente o sono, apetite, memória, entre outros. Este sistema utiliza neurotransmissores chamados endocanabinoides para funcionar. Quando ingerido, o CBD interage com os recetores de canabinoides presentes nos sistemas nervosos central e periférico, produzindo efeitos semelhantes aos endocanabinoides. 

Conclusão: Porque pode usar óleo de CBD?  

O óleo de CBD, quando na sua forma pura, é seguro para consumo humano. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, o canabidiol não causa vício nem demonstra ter efeitos secundários negativos graves. Ainda assim, é sempre recomendado que fale com o seu médico de família antes de utilizar óleo de CBD, uma vez que pode ser contraindicado na sua situação. 

Sempre tive bastante interesse em medicinas alternativas, e quando descobri os benefícios do CBD decidi que queria aprofundar os meus conhecimentos. Desde então, tenho escrito artigos para a internet sobre o canabidiol com o objetivo de ajudar mais pessoas a aprender sobre este tópico.

      MiisterCBD
      Logo